Como Parar de Fumar

como parar de fumar

Você sofre com o vício do cigarro e não sabe mais o que fazer para conseguir parar de fumar? Eu sei bem o que é isso! Meu nome é Ramón, tenho 42 anos e comecei a fumar aos 12.

Desde então, já são mais de 30 anos como fumante e várias tentativas frustradas de largar o vício. Já tentei parar na força de vontade mas não resistia à crise de abstinência. Acabava voltando a fumar e o vício ficava ainda mais forte.

Também tentei parar com o uso de medicamentos para depressão, ansiedade etc. Só que no meu caso esses medicamentos pareciam não fazer nenhum efeito e a crise de abstinência era a mesma. Assim, eu sofria com os sintomas e logo voltava a fumar.

Problemas com o vício de cigarro

Durante todos esses anos como fumante já passei por vários constrangimentos. No trabalho, tenho que me ausentar praticamente de hora em hora para fumar. E isso já me fez até perder empregos.

Outro problema é o meu cheiro. Sempre voltava para o trabalho depois de fumar um cigarro ouvia diversas reclamações dos colegas. E o pior de tudo é que nem eu sentia meu cheiro.

Já em casa também passei por vários problemas. Sou casado e tenho filhos, e todos deles se tornaram fumantes passivos, que também são atingidos pelos danos causados pelo fumo.

A minha esposa não tolera o meu cheiro de cigarro e o cheiro que fica na casa. Também existe a preocupação com a minha saúde.

Eu pareço ter pelo menos 10 anos a mais do que outros homens da minha idade que não são fumantes.

Os meus dentes já estão danificados e amarelados. A pele parece cinzenta e ressecada.

Também não tenho a mesma energia e disposição de antes. Por sentir falta de ar constante e não ter mais um bom fôlego, acabei abandonando a prática da corrida diária e me tornei sedentário.

Com isso engordei e também me tornei hipertenso.

Mas felizmente consegui me livrar deste vício e não fumo há mais de 10 anos.

Como parei de fumar

como parar de fumar rápido

Depois de várias tentativas frustradas finalmente aprendi como parar de fumar rápido. Tudo isso graças a minha esposa que fez uma pesquisa sobre métodos alternativos parar largar o cigarro.

A saída encontrada foi na reprogramação da mente. Ela descobriu um curso online que ensinava a reprogramar o inconsciente para abandonar o vício de forma definitiva.

Depois que fiz esse curso, passei a controlar meus impulsos e não tive mais recaídas. Eu passei por uma verdadeira reprogramação mental que me fez largar o vício rapidamente.

Além disso, também não tive crises de abstinência durante o processo para largar o vício. Foi tudo feito sem sofrimento e sem a angústia, ao contrário dos métodos anteriores.

Hoje, estou há mais de 10 anos sem fumar e minha saúde e disposição melhoraram efetivamente. Voltei a praticar atividade física e me tornei maratonista.

A minha relação com a esposa melhorou e hoje percebo em outros fumantes o quanto o cheiro é ruim.

Também sinto o gosto dos alimentos e melhorei minha alimentação.

Enfim, quero que você saiba que é possível deixar o cigarro, mesmo depois de várias tentativas frustradas.

Se você quiser saber mais sobre o curso que eu fiz, acesse: http://mudardevidaagora.com/como-parar-de-fumar-rapido/

Como Fazer Meditação

como fazer meditação

Você tem o hábito de meditar? Conhece os benefícios da meditação? Aprenda como meditar, e saiba de que forma esta técnica pode melhorar sua qualidade de vida.

O que é meditação?

A meditação é uma técnica milenar, procedente das tradições orientais.

As práticas de meditação são muitas, existem diversos tipos e modalidades que variam de acordo com a religião de origem e o objetivo da prática.

Em conceituação mais ampla, meditar é limpar a mente, focalizar a atenção no universo interior, entrar em sintonia consigo, colocar-se em estado de paz e serenidade.

Estamos constantemente em estado de agitação mental, falando, fazendo, pensando, esse ritmo frenético nos distancia de nós mesmos, nos deixa em contínua posição de alerta e em consequente estado de ansiedade.

Permitir-se um momento de silêncio e concentração em si, nos conduz a um nível elevado de autoconhecimento.

Meditar é suprimir as aflições e preocupações que perturbam nossa mente, concentrar-se no momento presente e abandonar a inquietação pelo futuro.

No começo existe certa dificuldade para atingir o estado meditativo, nossa mente se coloca em alerta com qualquer mínimo evento que ocorra no ambiente.

Para meditar é preciso domar a mente, manter-se impassível diante dos estímulos externos. Alcançar esse nível demanda treino e determinação.

 

Quais os benefícios da meditação?

como meditar

Vários estudos científicos já identificaram resultados efetivos com a prática da meditação, tanto de ordem emocional quanto fisiológica.

Meditar vai além de uma prática religiosa ou utilizada para promover a paz interior. Atualmente, após serem validados os benefícios da meditação para a saúde, até mesmo os médicos a prescrevem como tratamento auxiliar.

Entre os principais benefícios da meditação, estão:

  • Promoção de relaxamento físico e equilíbrio psicológico;
  • Diminuição nos níveis de estresse e ansiedade;
  • Melhorias nos quadros de depressão;
  • Melhorias no sono;
  • Aumento da sensação de bem estar;
  • Auxílio no tratamento de dores e doenças crônicas como diabetes e hipertensão;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Combate ao envelhecimento das células;
  • Melhorias na memória;
  • Aumento de desempenho funcional, tanto no ambiente de trabalho quanto no contexto acadêmico, ou em outros âmbitos de vivência;
  • Autocontrole e tranquilidade para resolver os problemas do dia a dia.

Diante de tantos benefícios, cada vez mais pessoas em todo o mundo estão aprendendo como fazer meditação para transformarem suas vidas para melhor.

Como meditar?

Os objetivos da meditação são muitos, cada pessoa tem seus próprios motivos para iniciar essa prática, como por exemplo: encontrar a paz; esvaziar a mente dos problemas; adquirir autoconhecimento; fortalecer a fé; melhorar a saúde.

Cada tipo de meditação envolve mantras e rituais específicos, mas para aqueles que pretendem fazer dessa prática um hábito diário e meditar sozinhos, em casa, não é difícil, basta tomar alguns cuidados:

  • Escolha um lugar tranquilo: principalmente para aqueles que estão iniciando na meditação, é essencial que o local escolhido seja livre de distrações, calmo e silencioso;
  • Prepare o ambiente: deixe o ambiente o mais confortável e agradável possível. Use roupas confortáveis. Se preferir diminua as luzes, coloque uma música suave, acenda velas aromáticas e utilize uma almofada para se sentar;
  • Defina o tempo: para que não haja preocupação com a hora, coloque um alarme para tocar, mas lembre-se de deixar o celular no modo silencioso. Não existe um tempo predeterminado, mas 20 minutos de meditação por dia já podem promover inúmeros benefícios;
  • Mantenha a postura adequada: a posição mais utilizada é a de lótus, com as pernas cruzadas e as mãos sobre os joelhos. O mais importante é sentar-se com a coluna ereta, e de forma que se sinta confortável;
  • Cuide da respiração: a respiração é fundamental para melhorar a oxigenação do sangue e promover o relaxamento. Inspire profundamente e expire vagarosamente;
  • Pratique: não se preocupe se tiver dificuldades em se concentrar no início. A meditação deve ser um processo contínuo, e com o tempo fica mais fácil se desligar dos estímulos externos.

Se você ainda não é adepto da meditação, experimente. Os benefícios são muitos, não custa nada, e certamente irá melhorar a sua qualidade de vida.

Para saber mais acesse: http://comofazermeditacao.com/